Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Influenciadores

Dicas, partilha de experiências e best practices sobre blogging e influenciadores digitais

28.Dez.17

FLASH TIPS COM PAULA SALSINHA DO BLOG VIDA 1.0: 6 dicas práticas para bloggers em part-time

foto paula salsinha.jpg

Fotografia de Paula Salsinha 

 

A Paula é marketing manager internacional no sector editorial, com experiência em planeamento de negócio e gestão de marcas.

Formada em Gestão e Marketing, diz-se uma eterna aprendiz curiosa, entusiasta de uma vida simples e saudável, onde se consegue criar tempo para o desenvolvimento pessoal.

Acredita que cada um pode ser muitas coisas e defende a partilha, as raízes e uma Portugalidade imensa. Por isso criou em paralelo o que chama de o seu “manifesto da simplicidade”, o blog Vida 1.0, com inspirações diárias para uma vida mais leve, mais simples e mais feliz.

Partilha com o Influenciadores 6 dicas práticas para bloggers que se dividem entre uma vida profissional preenchida e um blog em part-time. 

 

582.jpg

 Fotografia de ijeab / Freepik

 

Se falarmos com várias pessoas que optaram por criar blogs, o seu mote é quase sempre o da partilha de opiniões e o querer espalhar ao mundo o que pensam, sentem e conhecem sobre determinado assunto que as apaixona. E ouvir o retorno do lado de lá.

Muitos blogs nascem assim devagarinho, entre outros afazeres, e é preciso um gosto mas sobretudo uma gestão de agenda para poder dinamizar a nossa plataforma online, enquanto ao mesmo tempo se mantém uma actividade profissional, também ela exigente e activa.

Como ideias de gestão de tempo e conteúdos para bloggers que estão a iniciar ou para quem já tem um blog e quer organizar melhor a sua agenda, aqui ficam 6 acções prácticas infalíveis:

 

1) Definir claramente os temas a abordar

Tendo bem patente o que o blog vai focar e levar aos leitores, será mais fácil criar o roteiro de publicações, ter o olho clínico para notícias e eventos que surgem relacionados com o tema e construir uma agenda interessante e que cative a audiência.

Se por um lado uma abordagem mais generalista poderá dar a ilusão inicial de haver mais material para ir dinamizando o blog, é cada vez mais claro que trabalhar nichos ou temas mais focados tem mostrado os seus frutos, por isso uma das primeiras tarefas é reflectir sobre o que o nosso blog irá incidir, e manter isso claro na nossa actuação a todo o momento.

 

2) Fazer um calendário editorial

Esta será uma das ideias mais importantes para uma gestão saudável de um blog, sem stress e com um fluxo interessante. É importante saber quantas vezes se quer/vai conseguir publicar por semana, ou se se vai publicar determinada secção sempre nos dias X (por exemplo, uma nova receita sempre à 3ªf, ou uma entrevista sempre à 5ªf).

É muito útil montar um documento simples que ajude a organizar as secções, os dias das publicações, e os posts específicos que se irão publicar em cada dia, planeando um período futuro razoável para ir trabalhando os posts com tempo (por exemplo, no início de Janeiro planear as publicações para Fevereiro).

 

3) Trabalhar posts antecipadamente

Esta dica vem na sequência da anterior, pois depois do macro-planeamento, pode-se ir trabalhando vários posts em rascunho, escrevendo, escolhendo fotos das plataformas de uso grátis com creditação (como freepik ou pixabay), introduzindo links pertinentes no corpo dos artigos, etc.

Numa actividade de blogger em part-time, nem sempre há tempo regular para momentos de escrita, por isso devemos aproveitar blocos de oportunidade que nos aparecem para adiantar as publicações em mãos. Porque de blogs que avançam aos solavancos, com posts esporádicos e erráticos, não reza a história. ;)

 

home-office-336581_1280.jpg

 Fotografia de Pixabay

 

4) Levar valor real a quem lê

Muitas vezes pode haver a tentação de publicar algo, só porque se havia definido que iriamos publicar sempre a determinado dia. Mas não vale a pena entregar “qualquer coisa” só para cumprir calendário, pois os seguidores do blog assim o merecem.  Daí a importância de planear os conteúdos com antecipação, para saírem artigos cuidados, com pesquisa e informação valiosa para quem nos lê do lado de lá.

Experiências pessoais que ajudem a tirar dúvidas dos leitores são quase sempre bem-vindas, pois procuram muitas vezes opiniões, ideias e reviews de pessoas de “carne e osso” que os ajudem. Recentemente tive um caso de um simples post nas redes sobre cápsulas reutilizáveis de café que foi um autêntico boom de engagement, justamente porque muita gente procurava há muito uma solução para minimizar esse tipo de lixo.

 

5) Divulgar projectos similares

Uma maneira muito interessante de trazer conteúdos que cativem o nosso público é dar a conhecer outras bloggers, outros projectos que estejam a surgir na nossa área de actuação, pois por um lado cria-se um maior sentido de comunidade, e por outro permite ter publicações mais diversificadas.

Aqui poderão entrar vários conceitos, como por exemplo:

- Entrevistas

- Guest posts

- 5 minutos com…

- Desafios semanais/mensais a outras bloggers (receitas abaixo de 5 euros, por exemplo)

 

6) Usar o Instagram como motor de publicação simultânea

Como apoio ao blog surge hoje quase sempre uma página no facebook e uma página no Instagram, pelo que uma boa forma de manter algum dinamismo nas redes em épocas de maior “aperto” para criação de conteúdos mais longos no blog, poderá ser publicar fotos com algum texto pedindo feedback no Instagram e, usando a opção de publicação directa na página do facebook, gerar actividade sem ter um post formal do blog como base. É uma boa opção de recurso para os dias da semana em que o blog não tem posts agendados, por exemplo.

 

E como dica final para os momentos de maior cansaço – porque eles existem - quando duvidarmos sobre o porquê do blog e do esforço que nos supõe cuidar dele, devemos lembrar-nos sempre da paixão que nos levou a criá-lo e encontrar ferramentas simples que nos permitam, dentro da gestão profissional e familiar paralela, continuar a viver essa vontade de falar com o mundo do lado de lá do ecrã. Pois nunca se sabe onde a nossa voz chegará!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.