Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Influenciadores

Dicas, partilha de experiências e best practices sobre blogging e influenciadores digitais

16.Jun.19

Entrevista Rita Sampaio: Organização do LINK Bloggers Meeting

LINK-SAMANTA-DUARTE-RITA-SAMPAIO.jpg

 

Rita Sampaio é co-fundadora do SHARE Algarve, consultora e formadora nas áreas do Marketing e Comunicação, assim como é também uma das responáveis pelo Link Bloggers Meeting, o evento na área do marketing digital com especial enfoque em influenciadores.

O evento decorre em Faro já no próximo sábado, dia 22 de junho, e pedimos à Rita que partilhasse um pouco mais sobre o seu percurso, a sua visão da blogosfera nacional e sobre o evento nesta entrevista. 

 

Conte-nos mais sobre o seu percurso e como surgiu a ideia para o LINK Bloggers Meeting.

Sou Designer de Comunicação há 15 anos, adoro o mundo digital e durante o meu percurso profissional tive de aprender muito sobre Marketing. Organizei centenas de eventos quando trabalhei num grupo de saúde privada, e descobri que a adrenalina da organização me fazia sair da rotina e motivava a dar o meu melhor.

Em 2016, inspirada pela Web Summit, decidi que estava na hora de criar os meus próprios eventos. Quis trazer um pouco do que vi na Panda Conf, o palco de marketing, para o Algarve, pois aqui não haviam eventos especializados, e criei a Share Algarve, com um conceito de partilha de conhecimento e experiências. Pensei que iria ter cerca de 80 pessoas, mas chegámos aos 350 participantes. O grande sucesso da conferência catapultou completamente o meu percurso e também me fez sair do anonimato e da minha zona de conforto.  

Entretanto decidi dedicar-me a novos projetos, e em conversa com a Samanta Duarte, em que me comentou a falta de eventos para influenciadores, e a ideia de fazer um encontro no Algarve. Ela sentia que faltava em Portugal um evento em que marcas, agências e influenciadores, pudessem partilhar experiências, acabar com alguns mitos e esclarecer sobre boas práticas.

Conheço a Samanta há alguns anos, considero-a uma lutadora, e alguém que reúne um grande conhecimento sobre Marketing Turístico. Adorei a ideia e o caráter inovador, então fez todo o sentido para mim juntar-me a ela e irmos com a ideia para a frente.

 

O que pode desvendar sobre o evento?

O LINK irá ter quatro momentos principais:

- Uma manhã de conferências com profissionais da área: agência, bloggers, influenciadores e marcas.
- À tarde teremos dois workshops: um de maquilhagem e um de fotografia.
- Após os workshops irá haver um passeio fotográfico pela cidade de Faro, com prémios a concurso para as melhores fotos publicadas nas redes sociais. Neste passeio teremos um acesso exclusivo a um Miradouro magnífico, que está fechado ao público há mais de 30 anos e foi agora reabilitado.

- No final do dia, entregamos os prémios e encerramos com uma festa “Sunset” no rooftop do hotel, pois os participantes do LINK terão acesso ao Festival de Rooftops ”Açoteia” a decorrer em diversos pontos da cidade.

Haverá mais surpresas, que não vou revelar já, terão de descobrir em Faro!

 

O que podemos esperar do dia?

Podemos esperar um dia de muita partilha e animação. Com conferências, networking, workshops e passeios, acreditamos ter o cocktail ideal para contribuir para a valorização profissional dos influenciadores. Para quem trabalha com Marketing de Influência, irá certamente levar ideias mais claras de como o fazer com mais confiança e conhecimento.

 

Como foi feita a seleção dos convidados?

Os convidados foram selecionados com base na sua experiência e know-how em Marketing Digital. Queríamos ter os quatro players principais deste negócio: influenciadores, agência, marcas e marketers, pois o objetivo é fomentar a discussão acerca da colaboração entre estes, para se chegar a algumas conclusões sobre boas práticas.

 

Porquê Faro?

Faro é a cidade onde vivemos e trabalhamos, e pela qual somos apaixonadas. Nesta área existem muitos profissionais a precisar deste encontro, para fazer se conhecerem, partilharem experiências, e aprenderem mais sobre marketing de influência.

Também temos uma interessante comunidade estrangeira, de muitas nacionalidades, a residir ou visitar o Algarve, e em Faro especificamente verificamos que o número de nómadas digitais e trabalhadores remotos tem vindo a crescer consideravelmente.

 

O que traz de novo para a blogosfera nacional?

O LINK Bloggers Meeting traz um evento inovador numa dimensão nacional, pelo foco num nicho específico do Marketing Digital. Traz partilha de conhecimento e boas práticas nesta área, assim como valorização para o reconhecimento desta nova profissão, que ganha cada vez mais um lugar de destaque na blogosfera. Um evento presencial serve ainda para potenciar as ligações que já acontecem online, e que com um encontro “em carne e osso” podem resultar em oportunidades de trabalho para muitos dos participantes.

 

Quais os próximos projetos para o futuro?

Para já, podemos dizer que após esta 1ª edição iremos analisar o feedback dos participantes, para podermos melhorar no futuro.

Em 2020 a edição vai certamente ser maior, pois a adesão já está a decorrer acima das nossas expectativas. Com mais tempo de organização e divulgação, para o próximo ano o evento já terá uma história de sucesso e mais marcas irão querer aproveitar a oportunidade para marcar presença. Também gostaríamos de atrair mais participantes internacionais, pois vemos que o evento tem o potencial para se tornar relevante a nível europeu. O tema é muito atual, e temos excelentes condições para receber aqui em Faro. A época do ano é fantástica, com temperaturas de 30º, e como estamos em época média, os valores de alojamento ainda estão acessíveis.

 

Qual a sua opinião sobre o futuro da blogosfera nacional?

Acompanho e gosto de ler diversos blogs desde o seu início há 10 ou 15 anos, como A Pipoca mais Doce, Às 9 no meu blogue ou Dias de uma Princesa. Com a evolução das redes sociais, fui passando a acompanhar mais os conteúdos através do Facebook e agora mais no Instagram. Poucos bloggers conseguiram manter o blog e as redes sociais activas em simultâneo, pois passou a exigir um investimento em tempo, e uma disciplina muito maior. A maior parte começou a trabalhar com marcas para monetizar o investimento, mas na minha opinião muitos perderam a sua essência, e deixei de os seguir por terem quebrado a minha confiança neles enquanto influenciadores. Não preciso de apontar nomes, mas por exemplo desiludiram-me mães que defendiam a amamentação e passam a fazer publicidade a substitutos do leite e papas, ou bloggers que promovem a alimentação saudável num dia e no dia seguinte estão a ler press releases de uma cadeia de fast-food. A minha opinião como “seguidora profissional” (risos) é que ninguém vive do ar, e que o trabalho dos influenciadores e bloggers deve ser valorizado, mas também que estes devem encontrar nichos, e tal como uma marca se constrói de valores, também os blogs devem ser fiéis aos seus princípios, para terem um impacto positivo nos seus seguidores e se tornarem sustentáveis. Considero também necessária a implementação de regras para que todos trabalhem com transparência, eu como leitora quero saber o que é publicidade paga por uma marca, e o que é genuinamente uma opinião sobre um produto ou serviço, sem fins comerciais.

 

Que conselho deixa para os nossos leitores que já estão presentes na blogosfera ou que pretendem criar um blog?

Para quem está na blogosfera, as palavra são de apoio. Não é fácil manter-se ativo com os desafios atuais, em que cada vez mais pessoas estão presentes no meio digital, e não é fácil captar atenção dos utilizadores. Para quem pretende criar um blog, o conselho é para serem originais e coerentes, façam formação qualificada e com quem já tem experiência. Tenham a certeza que conseguem trabalhar nesta área multidisciplinar todos os dias, é um trabalho muito intenso mas que com dedicação tem bastante retorno, não só financeiro como em termos de desenvolvimento pessoal e network.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.